Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As birras da mãe

Venturas e desventuras de uma tripeira que rumou a sul. As histórias da filha, da mulher e da mãe.

Mas quem é que manda aqui afinal?!

Mas quem é que manda aqui afinal_ (2).jpg

 

Quem tem filhos pequenos sabe bem quem manda lá em casa!

Nós pais estamos carecas de saber quem decide se vamos poder passar aquele fim de semana fora que está combinado há séculos ou comparecer àquele jantar que queremos muito ir.

Têm babysitter combinada e os bilhetes de cinema comprados?! Achavam mesmo que iam conseguir ter um programinha a dois?! Assim, sem mais nem menos?! Ahahahaha! Vê-se mesmo que são principiantes nestas andanças!

Por acaso pediram permissão à Sôdona Ite ou à Sôdona Óse?! Pediram?! Ah não pediram... E agora querem milagres!

Toda a gente sabe que até para se conseguir ir trabalhar ou cumprir com aquele prazo de entrega, tem de se pedir autorização às Sôdonas Ite e Óse! Com bastante antecedência, de preferência em papel azul, timbrado, carta registada com aviso de recepção e esperar, muitas vezes bemsentadinhosparanãocansar, que elas façam o obséquio de satisfazer os nossos desejos e nos deixem mandar um bocadinho na nossa própria casa.

Ah precisas de dormir? Precisas "só" de dormir? Isso pode ser que se arranje...Deixa lá ver como está a agenda das Sôdonas... Ah afinal talvez não vá ser possível... Talvez lá para o final do inverno... Talvez só depois do Félix e da Gisela (que, by the way, tem muito mais power que o Félix ou não fosse "gaija")...Mas se fosse a ti não me fiava muito nisso porque as diferenças de temperatura típicas da primavera também costumam dar pano para mangas...

E é isto meus senhores! Nem vale a pena perderem tempo a ficarem abespinhados com as Sôdonas porque elas não estão nem aí pra vocês! "Ah...Tínhamos prometido que íamos embora mesmo a tempo daquele aniversário?! Ops!! Afinal não deu..."

É o chamado "azarexbaby", a "aguentocaína", o "comeecala", o "ficasrefémemcasaenãobufas"!

"Prontos", já desabafei!! Já estou um cadito mai leve! 

Acho que já perceberam que por cá ficamos de molho com o alto patrocínio da Sôdona Ite, Amigdalite. Febrões de rebentar a escala, umas amígdalas do tamanho de batatas que impedem a ingestão de alimentos, muito choro (mais ainda que o costume que estamos com 2 anos e meio...) e uma menina muito murchinha nos intervalos da medicação.

É claro que trocaria todos os compromissos pelo bem-estar dos meus filhos, porque nada me deixa mais à toa do que os ver doentes... Mas o raio das Sôdonas têm cá uma pontaria! "Raispartam" as bichezas!!

Seria de esperar que uma enfermeira lidasse melhor com isto, não era? Mas mãe é mãe, seja ela enfermeira, médica, advogada ou professora. Talvez cheguemos ao diagnóstico mais rápido do que a maioria (às vezes até temos diagnósticos mais complexos porque ligamos o complicómetro) mas de resto sofremos dos mesmos "males", todas sofremos de maeziteagudaquenãopodeverofilhotedoente.

Prescrição de tratamento para os tempos que se avizinham: muito colinho, muitos miminhos, muitos filmes no sofá (juro que o meu cérebro entra em greve se tiver de ver o Frozen ou os Smurfs mais alguma vez), enroscadinhos nas mantas e esperar que a PORRA da Sôdona Ite se digne a pôr-se na alheta!

Vá!! Xô daqui pra fora, Ite duma figa!! Vai-te encher de moscas!! (nota-se muito que ainda não tenho confiança com vocês para falar à moda da minha terra? :P)

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.